FAMOSIDADES

FAMOSIDADES

MAIS: Angelina Jolie compra helicóptero para Brad Pitt

Por FAMOSIDADES

SÃO PAULO - Parece que Brad Pitt não está satisfeito com a política norte-americana. De acordo com o jornal "The Telegraph", o galã fez duras críticas aos administradores públicos dos Estados Unidos durante o lançamento do filme "Killing Them Softly, nesta terça-feira (22), no Festival de Cannes.

"O fim do filme que tem parte de um discurso de Barack Obama não é para mostrar uma visão cínica do passado, uma afirmação de fracasso. É mais sobre a expressão da esperança, que fale mais alto do que a nossa política tóxica, em que se festeja mais por ter ganhado um argumento do que por ter vencido os problemas reais. Isto é uma questão muito séria", disparou.

Pitt apoiou Obama em sua candidatura para a presidência em 2008. Ele afirmou ainda não pretender criticar o atual presidente, mas declarou que a esperança e a felicidade que sentiu quando viu Obama vencer as eleições se tornaram uma memória distante.

O ator não entrou no tema por acaso. Seu novo filme, "Killing Them Softly", usa as eleições de 2008 para contar a história de um assassino (vivido por Pitt), que é contratado para investigar um assalto a um jogo de pôquer protegido pela máfia.  

Opine em nosso Facebook!