FAMOSIDADES

FAMOSIDADES

MAIS: "Ele foi um franciscano na profissão", declara Tom Cavalcante

Palmeiras jogará com nomes de personagens de Chico Anysio no uniforme

Por TIELE NICOLINI

RIO DE JANEIRO – O amor por Chico Anysio é demonstrado a cada minuto em frente ao Theatro Municipal do Rio de Janeiro, onde aconteceu seu velório neste sábado (24).

Durante esta manhã, os artistas puderam se despedir do comediante. Por volta das 13h30, os populares tiveram acesso ao interior do local.

Hélio Vicente, de 64 anos, é o conhecido artista de rua Gerusa. Ele marcou presença no local para homenagear o ídolo, e contou seu envolvimento profissional que teve com o comediante.

“Tive a honra de trabalhar com o Chico. Ele sempre procura ajudar pessoas com talento. O conheci em 1969 e fiz duas participações em apresentações dele”, contou ele ao Famosidades.

José Hamilton Silva, de 51 anos, também é um dos admiradores de Chico, e conterrâneo do humorista: “Sou do interior do Ceará, mas moro no Rio há 32 anos. Acompanhei a carreira dele desde a rádio. Como todo cearense, toda família está muito triste”.

Aos 60 anos, Eliane Teixeira também foi ao velório do corpo do comediante. A senhora contou que o Brasil era fã de Chico. “Ele não era só cearense, ele era brasileiro. Com aquele ‘o salário, ó’, ele fazia mensagem em prol do povo. Espero que de lá de cima ele possa continuar fazendo isso”, disse.

Opine em nosso Facebook!