Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Por WALLACE CARVALHO

RIO DE JANEIRO - No finalzinho da década de 80, início da década de 90, Amanda Acosta era presença constante nos programas de auditório da Rede Globo. Durante cinco anos - dia sim, outro também - lá estava ela no “Xou da Xuxa” ao lado dos companheiros do grupo infantil “Trem da Alegria” cantando sucessos que marcaram uma geração como “Pra ver se cola”, “Pula Corda”, “Iô-iô”, “Alguém no Céu”, entre outros.

Porém, muito antes de pegar o Trem, Amanda Neto Acosta já estava na estrada. A carreira dessa paulista começou aos quatro anos de idade como caloura do “Programa Raul Gil”. Depois, passou a fazer campanhas publicitárias, montou um grupo com as irmãs e duas primas – Amanda e as Netinhas, até fazer parte da turma do Do-ré-mi. Um ano depois, foi convidada para fazer parte da nova formação do “Trem da Alegria” - ao lado de Juninho Bill e Rubinho. Quase 20 anos após o fim grupo, ficaram boas recordações de momentos que não voltam mais. “Sinto uma saudade boa. Uma saudade saudável. Foi muito bom em todos os sentidos. Fui muito feliz no Trem”, contou Amanda ao Famosidades.

Desse tempo, ficaram os laços de amizade com os ex-companheiros. “Tenho contato com o Jú e o Rubinho. Com a Vanessa converso às vezes por e-mail e o Lú vejo muito de vez em quando”, disse Amanda que durante um ano dividiu os vocais do grupo com Vanessa e Luciano Nassyn. Em sua passagem pelo Trem, Amanda ganhou cinco discos de ouro, três de platina e conquistou, não apenas as crianças da época, mas uma legião de fãs e admiradores, como Xuxa, a eterna “Rainha dos Baixinhos”. A cantora e a apresentadora se reencontraram no palco do programa “TV Xuxa” no final de 2009. “Foi uma surpresa pra nos duas e a emoção foi verdadeira e intensa”, revelou Amanda que relembrou uma homenagem feita a apresentadora em 1989.

Imagem: Reprodução/TV Globo

Acompanhe o Famosidades no Twitter: http://twitter.com/Famosidades