FAMOSIDADES

FAMOSIDADES

Por WALLACE CARVALHO

RIO DE JANEIRO - Quem não perde um programa de calouros com certeza não se esqueceu do timbre da voz da moça da foto acima. Pois é, caro leitor, nove anos após a primeira edição do “Fama”, exibido pela Rede Globo, Vanessa Jackson continua buscando seu lugar ao sol. A primeira e única mulher a vencer o reality show global estava pensando em desistir da carreira quando surgiu a oportunidade de fazer parte do projeto. “Fui fazer backing vocal no CD do Wilson Simoninha. Ele gostou de mim e acabou me indicando”, contou ao Famosidades.

Para Vanessa, os dias na academia musical foram inesquecíveis e ela não pensaria duas vezes se pudesse reviver todo aquele sonho novamente. Afinal, foi graças ao programa que ela se tornou famosa em todo o país. “O 'Fama' me abriu muitas portas. Não o suficiente para que eu estourasse de verdade. Mas fiquei bem conhecida”, avaliou. O público consagrou Vanessa Jackson como vencedora com mais de 40% dos votos a final da atração que marcou 29 pontos de audiência. A paulista, na verdade, era tida como favorita ao prêmio desde o começo da competição. Mesmo assim, a cantora lembrou que, apesar de sentir o carinho dos fãs durante as suas apresentações, tinha certeza de que não ganharia a disputa. “Eu acreditava, piamente, que o Adelmo Casé ganharia. Pelo simples fato de que eu ser preta, gorda e pobre”, revelou, sem papas na língua.

Apesar da distância, a amizade com alguns dos ex-participantes perdura até hoje. Mas, ao contrário da maioria dos músicos que iniciaram sua carreira no palco do “Fama”, Vanessa não renega seu passado. “Alguns ficaram com raiva e não gostam de falar [que participaram do programa]. Eu acho besteira. Tenho orgulho, fez parte da minha história”, afirmou para a coluna Por Onde Anda.