FAMOSIDADES

FAMOSIDADES

MAIS: Por Onde Anda: Daniela Luján

Por WALLACE CARVALHO

RIO DE JANEIRO - Os fãs das clássicas novelas mexicanas que o SBT exibiu durante década de 90 sabem muito bem de quem se trata o belo moreno da foto acima. Sim, é Fernando Colunga, o mexicano que fez muita telespectadora querer ser a Maria do seu bairro ou ter um momento usurpadora.

O ator, formado em Engenharia Civil, fazia bico como figurante e dublê em produções cinematográficas quando foi descoberto por um produtor no Centro de Artes de Educação da Televisa, onde estudava interpretação.

Certo de que queria fazer carreira na TV, vendeu sua loja de material de construção para se dedicar ao seu personagem na trama “Maria Mercedes” (1992). Escalado para participar de apenas 10 capítulos, o desempenho de Colunga chamou a atenção da direção - e sua beleza das telespectadoras – que resolveu aumentar seu papel no folhetim e o personagem permaneceu na trama durante 80 episódios.

Dois anos depois, o moreno voltou a trabalhar com Thalía em “Marimar”. Mas, a consagração veio no ano seguinte com o papel principal em “Maria do Bairro”, onde interpretou o ricaço Luis Fernando de la Vega. O personagem o tornou famoso não só no México como em vários países latinos. O ator acabou vivendo um romance com a estrela mexicana na vida real que durou pouco mais de um ano.

Depois, o ator atuou em “Esmeralda” e “Alondra”, mas foi ao lado de Gabriela Spanic que Colunga viu o sucesso bater a sua porta novamente com a repercussão de “A Usurpadora”. Até hoje, o bonitão considera Carlos Daniel, empresário viúvo disputado por duas irmãs gêmeas separadas no nascimento, como o principal papel de sua carreira. Por conta do sucesso do folhetim, o mexicano chegou a visitar o Brasil para participar de programas do SBT.

Arquivo Famosidades

Arquivo Famosidades